domingo, 31 de outubro de 2010

saudade

quero voltar para Brighton!
e ficar lá para sempre
p a r a s e m p r e !

saudade de ir para o parque, esticar uma esteira e sentar na sombra, ficar lendo, passar no tesco e comprar cookies de chocolate...
saudade de ouvir alguem falando : half pass eight at churchill square!
e depois irmos para a praia...
saudade de ouvir a Pam contando sobre os 96 países que ela já foi, na hora do jantar... E ficar conversando, ou palpitando num jogo da tv...
saudade de sair com eles...
saudade daquela tranquilidade, de tudo aquilo...
de ir no cinema com a Paula... "With me, without me, with me, without me"- cena do filme knight and day

saudade, quero voltar.. para 'casa'.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

://

e quando isso vai acabar?
quando todo esse sofrimento vai passar e eu voltar ao normal...

tem que ser logo, porque nao aguento mais!

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Fireflies

Orange moon lies low
Up against a western sky
Soon we’ll see all our troubles disappear
Underneath it’s watchful eye
Meet me darkwiler. Tonight.
We’ll watch the waves roll in and the planes roll on by

We’ll build a bonfire and laugh at all life’s crazy twists and turns.
Bonfire; and as the flames flicker burn out bright
We’re fireflies tonight.

Someone bring an old guitar. I’ve got some friend who likes to play
And I’m gunna wear a fuzzy cap that says ‘L.A.’
We glow in flashes all the day around
But you should see us when the sun goes down

We build a bonfire and laugh at all life’s crazy twists and turns.
Bonfire; and as the flames flicker burn out bright
We’re fireflies tonight. Yeah hey-yeah..

Meet me darkwiler tonight
We’ll watch the waves roll in and the planes -
They go so low on their way to the sky

Bonfire, yeah laugh at all life’s crazy twists and turns.
Bonfire; and as the flames flicker burn out bright
We’re fireflies… tonight. Yeah hey-yeah..
Amy Cook

domingo, 24 de outubro de 2010

'baby I gonna leave at the summertime'

"I gonna bring you my money
you take my money
and give to another man"
Led Zeppelin

Sim, as coisas são, exatamente, assim.
Só que, infelizmente, não acontecem apenas com dinheiro...
Mas, continuamos tentando...

[por quê? Talvez porque ache que ainda valha a pena...E ainda acredite...]

"how I wish, how I wish you were here"
Pink floyd

sábado, 23 de outubro de 2010

Soneto da separação

De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez o drama.

De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente

Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.
Vinícius de Moraes

terça-feira, 19 de outubro de 2010

sonífera ilha

"One word from you, sinlence me forever..."
E foi isso o que aconteceu.

Eis que agora, fechar-me-ei... [de novo]
Não posso dizer que será para sempre [embora o queira], mas será por um bom tempo.
Só que desta vez, não pedirei desculpas por me excluir, tampouco licença.

Sinto-me só... Não por não ter você aqui, sei diferenciar solidão de carência. E sim porque, temo ter me perdido [de novo]... Não ao ponto do meio do ano, não.
Não desejo tal situação para ninguém e também não vou me atrever a tentar explicar o que houve...
Sinto-me como uma criança no meio de uma avenida movimentada, além de perdida, estou amedrontada.
"Rompi com o mundo, queimei meus navios..."
De fato, fiz isso, mas [tolamente] deixei um barquinho, para não me ilhar de ti.

O amor é traiçoeiro, com a mesma mão que te acolhe, dá-lhe uma facada nas costas, quiçá ao mesmo tempo.
Quanto mais me aproximo de você, afasto-me de mim. E a recíproca é verdadeira :/

Ah... não sejamos tão pessimistas... A vida não é de inteira ruim...
Ao menos posso sentir a solidão. E se sentisse apenas... nada?! o.o [confie em mim, não é bom]

E a partir de agora, os textos ficarão mais interessantes...
como costumam dizer os [antigos] poetas: poeta não escreve se for feliz.
kkkkkkkkkkkkkkkkk

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

for you.

I want to whisper in your ear that you've bewitched me, boby and soul, and I love you.
I want to stand by your side and hold you, when you get hurt. Kiss you on your forehead and look after you.
I wanna hug you. I want to hear you talk 'bout your day and see you complain 'bout your friends. Then I'll say to you that they're foolish, and it doesn't matter, 'cause I'm here for you.
I want to play for you and hear you play for me, as well. We could make a duet!
I want to know that you always will be here and want to make you understand that I'm here, even if you don't want to.
We could sit in the veranda and see the raindrop, while we talk 'bout Ludi's bedroom.
I wanna make sure that you know that nothing can harm you.
I wanna kiss you on your cheek and play with your hair. I want to watch you while you sleep and realize that I'm the luckiest person in thw whole world for having you beside me.
I wanna tell you, I'm not as taciturn as you thought I was.
It's incumbent upon me, inform you that I'm completely inloved with you and I'll be honest, as I always am.
I wanna tell you stories. Wanna ask you to stay with me forever and see you deny, but I'll keep asking 'till you agree.
And I'll insist, you'll think that I'm kidding, but I'm not. I do love you.
I wanna spending all my day with you. And try to make it right, to make you happy. And if you are not, I'll be unhappy eighter.
You are my perfect companion, and if I can't have you, I don't wanna anyone else. I'd prefer be with my solitude.
And this is the most terrible fear. That I won't ever have you with me. That's why, sometimes, I get depressive or dreadful.
I wanna argued with you, when I'm wrong, and then apologize.
I wanna bring you the breakfast in your bed, and see you waking.
I want to scream out of lound for the entire world hear me, and I'll shout: I love you!
I wanna even miss you, but only when you travel.
I want to be there in your best or in your worst moments. And try to help you.
And most of all, I wanna be your friend, too.
You must know that I'm yours, and my feeling's won't change, as well.
Now, I'm completely surrender to you, and I have nothing further to say, except that...
I love you, my darling.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Diálogo entre duas pessoas entediadas no msn

M. = eu Naty Perroca= Nathalia [jura?! ¬¬]

saca só...
M. diz:
tédio, muito tédio ://
Naty Perroca diz:
é eu tb ;/
M. diz:
://
saca..
ja percebeu que SEMPRE estamos entediados?
M. diz:
[os, no sentido geral de adolescente]
Naty Perroca diz:
ahaaam
euhauehauheuahueh
sempre mesmo ;/
M. diz:
e que bosta, nao importa o que façamos.. continua naquele marasmoo
Naty Perroca diz:
ahaam
euahuehauehuaheuah
M. diz:
saimos o dia todo, volta pra casa.. pronto.. aqueele tédioooo..
Naty Perroca diz:
éé cara
sempre assim ;/
M. diz:
aquela cara escrota na frente do pc, fazendo barulhinho com a unha em cima da mesa.. encaixando o pé na cadeira, e apoiando o queixo sobre o outro braço, que sempre cai, quando a perna se move
KKKKKKKKKKKKKKKKKK
aquele olho semi aberto, a gente com cara de quem já morreu mas não nos avisaram..
ai alguem fala uma coisa engraçada, rimos.. dá dois minutos, volta na mesma
Naty Perroca diz:
euaheuahehauheuaheuaheuhauehuaheuahuehau
beeeeem isssoooooo
M. diz:
levanta, abre a geladeira na cozinha, pensa um pouco, dá aquele suspiro típico de: que merda, nada para fazer [COMO SE A GELADEIRA FOSSE TE DAR ALGUMA IDEIA]. volta para o computador, senta.. ajeita o pé e senta como indio, para que dessa vez nao caia mais... mas esquece que o pé vai dormir, dai tira da cadeira... olha para o chao, e começa tudo de novo
ou como forma de escape, pega um caneta que esteja ao alcance do braço, um papel já escrito e fica rabiscando
Naty Perroca diz:
a geladeira sempre me da ideias
AEHAUEHUAHEUAHEUAHUEHAUEHAUHEUAHEA
M. diz:
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
no maximo de voltar e pesquisar algo que queria, passados 5 minutos, volta ao normal
KKKKKKKKKKKKKKKKK
Naty Perroca diz:
éée
tem que achar alguma coisa que dure ;./
M. diz:
nao satisfeitos com o pedaço de papel, começamos a rabiscar a mao, a caneta começa a falhar..
larga, com olhar de desprezo pensando: nao preciso de voce mesmo.
olha para o relogio.. 23h30
pensa.. muito cedo para dormir, muito tarde para fazer outra coisa..
se ajeita na cadeira como se fosse começar a fazer algo realmente digno, e...
muda de janela, olha se alguem escreveu algo util.. sem exito. volta naquela que falam sem parar, mas nada que interesse...
Naty Perroca diz:
euaheuahuehauheuaheuhauehauheuah
é muito assim
nossa vida é muito dura ;/
M. diz:
entao, tem a brilhante ideia de olhar as musicas do seu computador, para ver se algo te anima..
mas ja está cansada de todas elas... se irrita, porque quando tenta abrir a unica que queria.. vem a plaquinha: este arquivo foi modificado, deseja salvá-lo novamente? ai voce clica sim, o infeliz do arquivo abre, e trava o computador
voce fica puta.. espera dois minutos, volta tudo ao normal.. na esperança de que alguem falou contigo, vai seca no msn.. nada.. nesses 2 minutos, ninguem falou com voce
NOSSA VIDA É UMA BOSTA ISSO SIM
koapskaspokaokakspoakpoakpokapoka
Naty Perroca diz:
uerhauheuaheuahuehauehuaheuahuehaueuhaueh
mas melhoooora poxa
M. diz:
sem contar quando nao abre o orkut.. e fica rolando o mouse, para cima e para baixo, como se fosse aparecer algo...
Naty Perroca diz:
ahaaaaam ! UHAUEHAUHEUA


muito bom Náh
boa noite.

hm..

"I will have to tell you: you have bewitched me, body and soul, and I love... love... love you. I never wish to be parted from you from this day on."

Perhaps one day, you will understand that what I feel won't change. If, however, all these feelings are not enough, I 'll have to say to you: what a shame, 'cause I would love to having you.

But I cannot accept all this little game you've chosen to play. And you can't correspond to all my expectations as well.



You should come at once, someday, and see how it looks like before you deny it.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

terça-feira, 12 de outubro de 2010

tempo tempo tempo..

Amanhã...
saca só, passei um tempo razoável da minha vida pensando no tal chamado, amanhã.
Ontem... ?
Passei mais tempo ainda me lamentando por este.
Então resolvi [por um único momento] pensar no "presente"...
Só então dei conta de que este não existe de fato. [não que tenha tido essa conclusão sozinha]

Pense, o agora acabou de passar... olha só, passou de novo, de novo e de novo. O que seria isso? Um espaço vazio entre o passado e o suposto futuro recente? Um pouco de nada, que vai para lugar nenhum...?
Ahh, caro Nietzsche, queria saber mesmo o que pode ser esse 'nada'... Que no fundo pode ter algo... Tem ao menos um significado... De importância irrelevante, mas tem.

Gritem e saudem a memória de uma vez por todas... Mas o que fazer quando se quer esquecer destas? Cheguei a óbvia conclusão [não com muito mérito, contudo sozinha] que não é, por completo, bom ser insensível, fria, tampouco inteiramente desconfiada. Todavia, atrevo-me a dizer que tive motivos para ser assim...

Então o que fazer... Como resolver o enigma do tempo? Como resolver algo que ainda não aconteceu, mas que está prestes a acabar? o.o
donno :/

sábado, 9 de outubro de 2010

Luiza

"Rua,
Espada nua
Boia no céu imensa e amarela
Tão redonda a lua
Como flutua
Vem navegando o azul do firmamento
E no silêncio lento
Um trovador, cheio de estrelas
Escuta agora a canção que eu fiz
Pra te esquecer Luiza
Eu sou apenas um pobre amador
Apaixonado
Um aprendiz do teu amor
Acorda amor
Que eu sei que embaixo desta neve mora um coração
Vem cá, Luiza
Me dá tua mão
O teu desejo é sempre o meu desejo
Vem, me exorciza
Dá-me tua boca
E a rosa louca
Vem me dar um beijo
E um raio de sol
Nos teus cabelos
Como um brilhante que partindo a luz
Explode em sete cores
Revelando então os sete mil amores
Que eu guardei somente pra te dar Luiza
Luiza
Luiza"

Tom Jobim

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

damn it

Queria voltar a sentir.
Queria não ser tão egoísta, prepotente, insensível e indiferente.
Queria destruir essa barreira que criei, com intensão de não sentir mais saudade, de não me decepcionar e de, simplesmente, não me importar mais...

Começo a me prejudicar por isso. A ponto de não enxergar nada além de mim, e isso é...
disgusting...
Odiar pessoas é diferente de ser individualista ao máximo. É diferente de não ajudar no que tenho obrigação de ajudar.

Gosto de não ter sentimentos, porém não gosto do marasmo de não os sentir, tampouco gosto da frieza perante as pessoas 'importantes'.

domingo, 3 de outubro de 2010

hahá

"quando se tenta persuadir o outro, é por perceber que é ele o dono da situação"
karl marx- 18 brumário de bonaparte

porra carlinhos.. ai você me quebra as pernas!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

mas, aceitarei por dois motivos.
primeiro que, se tentar convencer-te do contrário, só prova que estás certo.
segunda que, nunca fui mesmo 'dona' das situações. E, talvez, seja esse o motivo de minha inquietação.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Apolo




I miss you buddy :/
so damn much
I want to apologize.
I was so... donno... I love you, and i loved before, but i wasn't look after you as I should.
I want u back...
miss when I used to play songs for u on my guitar, and u listen me, carefully...
when we start to run all over the house...
even when u pee on my stuff, and i was fed up! kkkkkkkkkkk
but, after a while i played with u again.
miss when i was sad, and u looked to me like: "c'mom, i'm here, let's play and u'll forget your problems". Or, sometimes, u just stand by my side...
I want my little brother again, I want to hear u barking and get my atention.
I want to give u coke, and see u hiccup kkkkkkkkkk
really, was so funny [but don't worry, was just a little bit]
I want to put u over my shoulder and run...
walk on a skateboard with u, or roller skate, can u remember that? [of course not]
i miss u, i love u, and want u back to me!
back to me!